Lâmpada sustentável alimentada por algas


O Sistema “Latro” que significa, ladrão em latim. Foi criado pelo designer Mike Thompson, utilizando a tecnologia desenvolvida por cientistas das Universidades de Stanford e Yonsei. As algas têm sido mencionadas a muito tempo como potenciais super combustíveis, devido à alta concentração de óleos lipídeos, mas a pesquisa recente permitiu aos cientistas isolar a corrente elétrica gerada pelas algas durante o processo de fotossíntese.

O Latro é um sistema vivo, que exige luz solar, dióxido de carbono (CO2) e a água, para fornecer iluminação.

O usuário deve alimentar o sistema, expirando ar, por uma entrada superior, fornecendo assim CO2, adicionar água e colocar o dispositivo exposto ao sol, assim as algas irão gerar eletricidade através de sua fotossíntese, a corrente elétrica é armazenada em uma bateria, pronta para fornecer energia ao sistema de iluminação quando necessário!

Fonte: Mike Thompson

Anúncios

6 Respostas

  1. Bom dia,

    Gostaria de ter mais informações sobre o produto acima e como faço para adquirí-lo.

    Desde já, agradeço pela atenção.

    Obrigada,
    Roberta.

  2. Me interessei bastante por essa tecnologia e gostaria de adquiri la,como faço para consegui-la gostaria de mais informações alguem poderia me enviar maiores dados por email.

  3. Isso prova que existem totais condições de poupar o meio ambiente. Só falta uma vontade maior, principalmente para grandes divulgações. Parabéns!

  4. Bom saber que a ideia já existe!! Só falta saber onde comprar e divulgar bastante!
    Parabens!!!

  5. gostei muito (:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: