Naturize-se


Anúncios

Lustre ecológico: Passo a passo de como fazer o seu


Vamos conferir este rápido passo a passo que ensina a fazer um lindo lustre ecológico com material reciclado.

Fotos: www.denismas.com

Conexões Wi-Fi estariam matando nossas árvores


As redes Wi-fi cobrem grande parte das áreas urbanas em todo o mundo, mantendo-nos constantemente conectados à Internet onde quer que estejamos – no entanto, um novo estudo europeu conclui que estas redes podem ter efeitos colaterais, prejudiciais ao meio ambiente. De acordo com um relatório da Universidade de Wageningen, a constante radiação das redes Wi-Fi pode ter um efeito adverso sobre as árvores próximas. O artigo afirma que a radiação produzida pelas redes Wi-Fi está causando doenças as árvores.

De acordo com o relatório, as árvores em áreas urbanas da Holanda têm mostrado um crescente número de danos, como rachaduras, inchaços, descoloração e várias formas de dano tecidual.  Também houve variações significativas no crescimento, bem como sangramentos e fissuras na casca.

A pesquisa foi encomendada pela cidade de Alphen aan den Rijn, onde há cinco anos foram encontradas anormalidades inexplicáveis em árvores que não poderia ser atribuída a um vírus ou infecção bacteriana. Segundo o estudo, 70% de todas as árvores em áreas urbanas na Holanda têm mostrado os mesmos sintomas, em comparação com apenas 10% há cinco anos. Enquanto isso, as árvores em áreas densamente florestadas foram pouco afetadas. Estudos adicionais também mostraram que a doença veem afetando árvores em todo o hemisfério ocidental.

Fonte: PCWorld

Esculturas vivas feitas com grama


A artista plástica Mathilde Roussel Giraudy é a criadora destas belas esculturas vivas. Para dar vida a suas peças, utilizou terra, sementes de grama, trigo e estruturas feitas de metal reciclado.

Sua exposição esta em exibição na Galeria “Invisible Dog” no Brooklyn, E.U.A.

Mais informações: New York Times

Amizade animal: Bons amigos


Velhos amigos


Maternidade Animal: Lindos filhotes de mico-leão-dourado




Olha só como um dos pequeninos micos-leões-dourados se agarra à mamãe Brie, no zoológico de Cleveland, nos EUA

Assim como seu irmãozinho mais novo, este adorável filhote está muito bem de saúde. Funcionários do zoológico norte-americano onde o nascimento aconteceu ainda não conseguiram descobrir o sexo dos dois miquinhos

Todos os bichos dessa espécie que vivem em zoológicos dos Estados Unidos são tidos como empréstimos do governo brasileiro, já que os animais são originários daqui

Nos Estados Unidos, micos-leões-dourados fazem parte de um projeto voltado para a preservação e a sobrevivência de espécies raras; no país, desde 1997 já foram computados 19 nascimentos desses adoráveis primatas

Os micos-leões-dourados costumam viver em grupos familiares pequenos. Todos os integrantes da família ajudam a cuidar dos filhotinhos, até mesmo os machos

Quando nasce, o bebê de mico-leão-dourado pesa menos de 60 g. Os adultos pesam entre 620 g e 710 g, e seu rabo pode chegar a 38 cm de comprimento

Fonte: R7