Luminárias de Bambu


Arte é inspiração, Design é motivação…

Arte é interpretada, Design é compreendido

Arte é gosto, Design é opinião

Arte é talento, Design é habilidade

Arte Envia uma mensagem diferente para Todos

Design envia a mesma mensagem para todos

Uma bicicleta cultivada, não fabricada


O bambu pode ser um material um tanto questionável para fazer se bicicletas, mas alguns modelos muito descolados já andam por aí – existe até uma oficina de fabricação de bicicletas de bambu nos Estados Unidos. O aproveitamento das qualidades do bambu – material leve, forte e renovável – inspira o conceito desta bicicleta criada pelo estudante australiano de design Alexander Vittouris. Em vez de ser fabricada, a bicicleta “cresce”.

Em resposta aos custos energéticos relativamente altos com metal e com a montagem das bicicletas convencionais, a bicicleta Ajiro une a flexibilidade natural do bambu e o processo de crescimento ao ciclo de vida do produto. Usando técnicas de arboescultura, Vittouris prevê linhas de crescimento das estruturas de bambu que são “cultivadas” e esculpidas até assumirem sua forma final.

Segundo o site State of Green, a Ajiro será um “veículo cultivado”, moldado por tensão em um esqueleto interno, de maneira que as variações no processo de crescimento não terão de ser corrigidas por métodos que consumam muita energia, como vaporização ou calefação.

Além disso, a Ajiro possui uma capota sofisticada e e um espaço de armazenamento sob o banco que também são feitos de bambu trançado. Vittouri explica ao Australian Design Awards que a Ajiro também possui aprimoramentos em relação a outros velomóveis:

“O conceito de velomóvel implica uma fonte natural de força humana, que constrói uma ponte entre carros e bicicletas com a disponibilização de espaço de armazenamento e de uma cobertura protetora ao ciclista. Simplificando o pacote, as rodas traseiras da Ajiro atuam como mecanismos de direcionamento, enquanto a roda dianteira funciona como entrada de energia. Isso acaba com a complexidade de muitos veículos do gênero, que dependem de sistemas de corrente. Para conferir estabilidade em baixas velocidades, como exige o uso urbano, grande parte do peso do ciclista é posicionada sobre as rodas traseiras”.

Outras empresas já estão pensando na ideia de “deixar crescer, não fabricar”. Em geral, o design adorável da Ajiro, com uma nova visão inteligente – até mesmo de um meio já sustentável, como as bicicletas – pode ser desenvolvido para tornar sua fabricação menos poluente e dispendiosa em termos energéticos, e em mais harmonia com os processos e materiais naturais.

Fonte: Discovery Brasil

Curso de Bambu


O Curso de Arte e Design em Bambu realizado pela Viverde Eco está cheio de novidades!

Faça sua Reserva preenchendo nossa ficha de inscrição Online AQUI

Novas técnicas: Estamos trazendo uma série de novas técnicas, através das quais nossos alunos se tornarão verdadeiros bambuzeiros capazes de produzir inúmeras peças em bambu, desde simples acessórios até mesmo móveis.

Novas tendências: O Design sustentável e o uso do Bambu vem crescendo no Brasil e no mundo, iremos mostrar os caminhos e dicas para que nossos alunos possam se diferenciar neste novo mercado.

Material atualizado: Fornecemos DVD’s e apostilas atualizadas com conteúdo complementar para que os alunos possam continuar aprendendo após o curso.

Cronograma dinâmico: Nosso cronograma de atividades possibilita que o aluno aprenda de forma completa todas as etapas do trabalho com o bambu, para que possam realizar mais e reter os conhecimentos demonstrados.

Contato com a natureza: Realizamos o curso em um ambiente totalmente integrado com a natureza, cheio de belezas naturais, com muita paz e energia positiva.

Alimentação caseira: A Alimentação sem dúvida merece destaque, ingredientes orgânicos produzidos no próprio sítio fazem parte de com cardápio muito saudável e de dar água na boca.

Transporte e segurança: O transporte dos alunos é feito por uma empresa séria, que nos garante conforto e segurança.

Programação: Visitaremos uma plantação de bambu, descobrindo seus segredos, aprendendo sobre as diferentes espécies e técnicas de manejo. Iremos conhecer todo o ciclo produtivo, desde o plantio até o tratamento e confecção dos artigos em bambu. Com aulas dinâmicas, onde você irá aprender na prática, confeccionando fontes, luminárias, revestimentos e acessórios. Ao final do curso todas as peças produzidas serão sorteadas entre os alunos, todos levam ao menos 1 peça para casa.

A Viverde Eco irá entregar ao final do curso um certificado e DVD com material didático, fotos e vídeos do dia do curso.

Transporte, alimentação e material utilizado já estão incluídos no valor.

Local: Sorocaba – SP

Data: 22 de Março de 2015

Carga horária: 10 hrs

Investimento: 450 reais

Garanta sua vaga!

Faça sua Reserva preenchendo nossa ficha de inscrição Online AQUI

Mais informações: Tel. (15) 3018.6000 – E-mail. contato@viverdeeco.com

+ Fotos de nosso Curso de Arte e Design em Bambu:

Escola ecológica feita de bambu


Esta impressionate escola foi construída na cidade de Bali na Indonésia. Foi projetada para se integrar a comunidade local convidando a todos a uma vida mais sustentável.  
A escola ainda conta com bosques de bambu e um enorme laboratório todo construído em bambu.
Seu campus ocupa os dois lados do rio Ayung, envolto por uma densa floresta nativa. A energia local é gerada utilizando fontes alternativas, como micro hidrelétricas e painéis solares.

Idéias sustentáveis e inovadoras, que exploram de maneira positiva o que a natureza nos oferece. O resultado é uma obra que inspira não só os alunos mas toda a comunidade ao redor.

Fonte: houseindesign

Casa ecológica com estrutura de bambu


Daihai Fei, universitário chinês recém-formado, descobriu que os aluguéis em Pequim eram mais caros do que ele podia pagar com o salário do seu novo emprego.

Para não desistir do sonho de viver na capital chinesa, decidiu que ele mesmo faria sua própria casa.

Assim surgiu a ideia para a sua casa ecológica móvel em formato de ovo.

Com espaço suficiente para uma cama e uma estante, a pequena casa tem ainda um painel solar no teto que fornece energia suficiente para uma lâmpada de leitura.

Ao custo de 960 dólares, a armação foi feita em bambu, revestida com alguns tipos de material isolante e, por último, uma camada de sacos de pano.

Inspirado pelos telhados tradicionais de algumas casas da Noruega, dentro desses sacos, sementes de grama crescem para revestir o exterior e melhorar a proteção acústica e térmica da casa que Daihai estacionou bem ao lado de seu local de trabalho.

Fonte: Sintonia Fina

Curiosidades sobre o Bambu


Você sabia que?

  • O bambu é a planta com maior crescimento diário: no Japão o recorde foi de 121 cm em……24 h

  • Pode-se obter etanol a partir do bambu
  • O bambu pode apresentar até 10% de amido
  • O bambuzal pode servir de proteção contra catástrofes naturais, como vendavais e tremores de terra
  • Rizomas de bambu do gênero Sasa podem alcançar 600 km/ha
  • O bambu apresenta cerca de 55% de celuloseO rendimento (t/ha/ano) em carvão de uma plantação de bambu é similar àquele de um plantio de eucalipto

  • A densidade do carvão do bambu é superior à densidade da madeira de eucalipto
  • O carvão de bambu apresenta propriedades medicinais: algumas pessoas o utilizam para banhos de imersão
  • Dentre os vários filamentos para a lâmpada testados por Thomas Edson, o carvão de bambu foi o mais adequado
  • Na Índia cerca de 70% do papel é feito à base de bambu
  • Pode-se fazer laminado-colado e pisos de bambu

  • Diversas ferramentas e utensílios domésticos podem ser feitos com o bambu
  • A ponte Golden Gate foi inspirada em pontes pênseis de bambu trançado na China
  • Cabos de bambu trançado podem ser equivalentes ao aço CA25
  • A resistência à compressão de uma peça curta de bambu pode ser 6 vezes superior ao concreto
  • A drenagem com o uso de colmos de bambu é muito eficiente

  • Na Tanzânia existem 700 km de tubulações de bambu para irrigação
  • No Nordeste do Brasil (Maranhão, Pernambuco e Paraíba) existem milhares de hectares de bambu plantados para a produção de papel
  • O bambu raramente floresce e, quando o faz, todos os indivíduos com a mesma origem genética podem florescer simultaneamente (em qualquer lugar em que estejam), vindo a morrer
  • É uma oportunidade rara para propagar o bambu através de sementes
  • A maior parte dos bambus deve receber um tratamento preservativo

  • Existem mais de 4000 usos catalogados para o bambu
  • A estrutura dos barcos modernos foi baseada na anatomia do bambu
  • Bambu picado pode substituir a areia/brita na confecção de concreto leve (Biokreto)
  • O uso do bambu para reforço do concreto é anterior à Segunda Guerra Mundial
  • Filtros para café também podem ser feitos com o bambu

  • Um telhado pode ser realizado com telhas de bambu (capa-canal)
  • De acordo com o ditado popular o bambu deve ser cortado na lua minguante, antes do sol nascer. A atividade celular é menor facilitando o tratamento após o corte e dificultando o ataque dos inimigos naturais do bambu.
  • O caruncho é o maior inimigo do bambu
  • O bambu foi uma das primeiras manifestações de vida após o bombardeio nuclear de Hiroshima

Reflexão

Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada por aproximadamente 5 anos, exceto o lento desabrochar de um diminuto broto, a partir do bulbo.

Todo o crescimento é subterrâneo: uma maciça e fibrosa estrutura da raiz, que se estende vertical e horizontalmente pela terra, está sendo construída, invisível a olho nu.

Então, no final do 5° ano, o Bambu Chinês cresce até atingir a altura de 25 metros.

Covey escreveu:
“Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao Bambu Chinês, você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir o seu crescimento, e, às vezes, não se vê nada por semanas, meses ou anos, mas se tiver paciência para continuar trabalhando persistindo e nutrindo, o seu 5° ano chegará e com ele virão o crescimento e mudanças que você jamais esperava.”

O Bambu Chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos, de nossos sonhos. Devemos sempre lembrar dele para seguirmos em frente diante das dificuldades que surgirão.

Tenha sempre dois hábitos:

Persistência e Paciência.
É preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar ao chão.

Curso de Arte e Design em Bambu

Clique AQUI e conheça o Curso de Arte e Design em Bambu, organizado pela Viverde Eco.

Curso de Arte e Design em Bambu – Turma do dia 12/09/2010


Olá Amigos!

Foi um sucesso o Curso de Arte e Design em Bambu, realizado no dia 12 de setembro!

Agradecemos a todos os envolvidos! Foi um domingo muito especial!

Confiram algumas fotos do curso: